É nítido meu desinteresse causado pelo desconforto da convivência. Sinto como se estivesse respirando o ar errado mesmo sem ter certeza se existe algum ideal. Incoerências… Definitivamente meu escapismo tem funcionado e nada do que eu faça está mais relacionado ao passado. Esse aí foi enterrado e eu nem fiz questão de acender vela. Aliás, se o passado for encarado apenas como uma mera palavra da língua portuguesa, ainda assim, não seria fácil impedir sua relação com o desastre. Agora de uma vez por todas tenho a mente inteira à disposição do presente, embora ele esteja sendo construído lentamente, tenho certeza que estão sendo utilizados os materias certos. Só preciso de 4 horas a mais no dia pra dedicar aos meus pensamentos e uma xícara de café nova, já que eu costumo sonhar acordada.

Anúncios